A Ilha do Medo (filme)

30 Set
Assisti, numa dessas noites entediantes de domingo (e para ampliar o suplício, era noite de domingo de férias), a um filme chamado A Ilha do Medo, dirigido por Martin Scorsese. Filme cativante e bem enredado. Como a perfeição nunca pisou nessas terras, fica dito o defeito do filme: o egoísmo. Não aceita dividir a atenção do telespectador com outros afazeres e distrações. Mas é certo que aos críticos de cinema se depararam outros tantos, que, a meu ver, são chifres em cabeça de cavalo. 
 
O diretor, diga-se de passagem, possui trabalhos aclamados. Na contramão disso, deram ao filme a infeliz alcunha de “um trabalho menor” de Scorsese. Pois digo que faz bem quem assistir à produção e tomar seus próprios juízos. Não deixo aqui um resumo do enredo, porque além da nostalgia escolar que suscita (“façam um resumo de Sociedade dos Poetas Mortos para a próxima aula”), poderia cair no pecado de revelar as seduções da trama. A quem interessar, pode-se assistir ao filme aqui.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: